Cuidados simples com as borrachas evita infiltração

É possível se precaver da entrada de água no interior do carro com cuidados simples e checagem visual

borrachas carro A

Nem é preciso enfrentar um alagamento para correr o risco da água invadir o interior do carro, basta falta de cuidado com borrachas das portas, por exemplo, para a água penetrar. Ainda estamos na época das chuvas de verão. As nuvens se formam rapidamente e a precipitação é grande. Aí, basta uma pequena parte da borracha da porta solta para a água já invadir o carro.

Para evitar esse tipo de aborrecimento, ter atenção e verificar periodicamente as borrachas de vedação das portas do carro é fundamental, já que elas podem perder seu efeito com o tempo. A qualidade das borrachas de portas dos veículos – chamada de guarnição – varia bastante. Somente a espessura das guarnições não é fator determinante da qualidade de vedação das portas. Geralmente, os modelos off-road e caminhonetes são feitos para suportar melhor tanto a água, como a terra e resíduos.

Resistência à água

borracha-guarnicoO desenho e a distância entre as portas e a carroceria, por exemplo, são fatores que também influenciam na maior ou menor resistência do veículo contra água. Esses são locais que dificilmente são limpos no momento de lavar o carro. Por isso, podem sofrer deteriorações causadas pela presença de resíduos. As portas sempre contam com um orifício para dreno da água, mas eles podem sofrer alguma obstrução, por isso, vale a pena checar de vez em quando. É importante também regular o fechamento das portas – por meio de parafusos de borracha com rosca, que dão mais ou menos pressão na hora de fechar uma porta ou a tampa traseira.

Conservação e limpeza

A melhor maneira de limpar as guarnições de portas é apenas com um pano umedecido com água. Se as borrachas estiverem muito sujas, pode-se utilizar detergente neutro. A aplicação de silicone líquido protege a borracha a longo prazo, mas acaba impregnando mais resíduos.

Não há um tempo de duração determinado para essas borrachas. Como qualquer material desse tipo, sofrem com tempo de uso e calor excessivo. Assim, podem até encolher de tamanho e a eficiência da vedação ser comprometida. As borrachas com ondulações e deformações deixam a água e os resíduos adentrarem no veículo. Nestes casos, o ideal é trocá-las.

troca borrachaOutros locais de possível infiltração

O parabrisa é um local que também pode permitir infiltração. Na troca do vidro, por exemplo, é preciso que o serviço seja executado por profissionais especializados, para se evitar que a água consiga escorrer aos poucos pelo painel do carro.

É importante ainda vistoriar os selos da parede corta-fogo do motor, locais por onde passa o cabo de embreagem e chicotes. Isso porque esses selos não foram feitos para resistir a grande volume de água. Abaixo do assoalho dianteiro também há selos, que tapam orifícios responsáveis pela saída de elementos químicos após a pintura na montadora. Embora sejam herméticos, é aconselhável verificar se não se soltaram ou deformaram.

Teto solar também pode permitir infiltração

teto solar1Carros com teto-solar também podem sofrer infiltração, muitas vezes causadas por falta de hidratação do tecido que veda e circunda o teto solar. O aconselhável é aplicar vaselina específica para tetos-solares.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s