Proteja seu carro de enchentes e dirija com cautela na chuva

Dirigir em situações adversas exige maior cuidado do motorista para evitar grandes danos ao veículo

carro alagamentoA

Estamos no final do verão, época de muitas e inesperadas chuvas. O dia lindo de sol pode acabar com um temporal à tarde, geralmente com grande volume de água. O resultado é transtorno no trânsito e enchente por todos os lados. Para lidar de forma segura com uma enchente, seguir algumas dicas pode facilitar a vida do motorista ao se deparar com uma área alagada e evitar grandes danos ao veículo.

O primeiro passo é saber avaliar a situação e saber bem o carro que se tem. No caso de um carro pequeno, por exemplo, se a rua se transformar em um verdadeiro “rio”, é melhor não arriscar atravessar. As montadoras indicam uma altura máxima de água que permite esse tipo de travessia (geralmente o limite é a água não passar do centro da roda do carro).

Schuvae a avaliação visual permitir a travessia da área alagada, a indicação é dirigir em baixa velocidade e manter uma rotação mais alta e constante do motor (em torno de 2.500 rpm). Assim, evita-se a entrada de água no motor, já que isso pode contaminar seus componentes eletroeletrônicos.

No caso de carros com câmbio automático, o motorista precisa colocar o câmbio na posição 1, para evitar que o carro ganhe muita velocidade e dificultar a entrada de água no motor. Caso o veículo também conte com as opções “Winter” ou “Snow” para ajuste de tração, usar esses recursos é uma boa opção para ajudar no controle da velocidade e da rotação do motor.

Se mesmo seguindo as dicas sobre aceleração e controle das rotações do motor o carro simplesmente apagar durante a travessia, não tente dar partida novamente no motor. Isso reduz o risco de danos maiores ao motor por calço hidráulico (que é a entrada de água no motor). Veículos rebaixados e turbinados correm mais riscos de sofrer calço hidráulico. Por isso, esse tipo de carro deve sempre evitar qualquer área alagada.

Após passar por um alagamento, é preciso ir à oficina

oficinaAApós atravessar um alagamento, é importante conferir possíveis alterações no sistema elétrico, injeção eletrônica, verificar se há maus contatos. Visitar a oficina após passar por um alagamento é essencial, pois o carro pode ter sofrido contaminação do cânister, do óleo da transmissão, do eixo diferencial (no caso de veículos com tração traseira ou mesmo quatro por quatro). Isso determina uma redução da vida útil dos componentes integrantes desses conjuntos, além de riscos acentuados de falhas na embreagem, suspensão e freios. Além disso, é preciso limpar o sistema de ventilação, para evitar contaminação por fungos, micro-organismos e bactérias. Muitas vezes o conserto é simples, mas os “sintomas” podem ser imperceptíveis nessa fase, por isso a verificação é tão importante, já que, esperar o problema aparecer pode render grandes prejuízos.

Dirigir com segurança sob chuva exige cuidados

carros chuvaA regra é: diminuir imediatamente a velocidade quando começa a chover. É impossível dirigir rápido e de forma segura com pista molhada. O mais seguro é procurar rodar na parte mais seca da pista, ou seja, no trilho (a marca deixada pelo carro da frente). Também é aconselhável se evitar as faixas da pista e jamais acelerar nesses locais, pois a tinta, quando molhada, tona-se lisa e escorregadia. Há ainda o risco de aquaplanagem (quando os pneus do carro perdem aderência à pista por causa de lâmina de água). Se isso acontecer, o motorista precisa segurar firme o volante, tirar imediatamente o pé do acelerador e evitar frear bruscamente, até que os pneus do carro retomem o contato com a pista.

Para uma direção segura em dias de chuva, é importante que alguns itens do carro estejam revisados e em perfeitas condições de uso como o limpador de parabrisa, um dos itens mais importantes, já que sem ele é praticamente impossível enxergar o que vem à frente. O ar-condicionado auxilia (e muito) nos dias de chuva evitando que os vidros embacem. Juntamente com o desembaçador traseiro, são importantes instrumentos que evitam que a visualização seja ainda mais prejudicada.

Os freios precisam estar em bom estado. Em condições de chuva, é preciso antecipar a freada, acionando o pedal com calma e devagar, principalmente os veículos sem ABS. Assim, a parada levará mais tempo. Pneus carecas são um perigo em dias de chuva, pois sem ranhuras, o pneu não escoa a água e, por isso, a chance de aquaplanagem são maiores.parabrisa limpador

Na chuva, tudo fica mais difícil de ser visualizado, inclusive outros carros, portanto, manter o farol baixo aceso e as lanternas ligadas é imprescindível para poder ver e ser visto com maior facilidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s